Polícia de Goiás prende homem que estuprou e engravidou menor deficiente

 Luiz Carlos Marques Faria, de 50 anos, é parente da vítima e confessou de forma parcial o crime

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Itumbiara, prendeu nesta quinta-feira (6/7), Luiz Carlos Marques Faria, de 50 anos, suspeito de abusar sexualmente de uma menor portadora de deficiência mental, no ano de 2016. À época, a menina tinha 12 anos e acabou grávida.

Segundo a polícia, o criminoso é parente da vítima e utilizava a casa da menor para a prática dos estupros, nas ocasiões em que ela ficava sozinha.

“O autor foi ouvido e confessou de forma parcial os seus atos. Ele se dispôs a realizar o exame de DNA, que acabou confirmando a paternidade”, informou a delegada Yvve de Melo Rocha, responsável pelo caso.

Após a prisão, Luiz Carlos foi recolhido ao Presídio Regional de Itumbiara, onde ficará à disposição da Justiça.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.