Polícia resgata vítimas de sequestro em Anápolis, mas segue à procura de criminosos

As vítimas são parentes de um empresário de Anápolis que, supostamente, deve R$ 9 milhões aos sequestradores

Cativeiro de Águas Lindas foi encontrado abandonado, mas com vestígios da ação dos sequestradores | Foto: Reprodução / Deic

A Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil resgatou duas mulheres vítimas de sequestro em Anápolis na manhã deste domingo, 1. Tendo sido sequestradas neste sábado, 30, as vítimas de 31 e 68 anos são a ex-cunhada e mãe de um empresário anapolino que supostamente deve aproximadamente R$ 9 milhões a um dos sequestradores, segundo informações da Polícia Civil do Estado de Goiás.

Policiais da Deic encontraram e invadiram o primeiro cativeiro, na cidade de Águas Lindas. O local já estava abandonado, mas lá foram encontrados colchonetes, mantimentos, amarras de nylon e sedativos. Também foi encontrado pela Deic o carro utilizado pelos sequestradores em Brasília, que continha pistas utilizadas pelas autoridades para encontrar o segundo cativeiro, uma fazenda próxima à cidade Cabeceira Grande, Minas Gerais. 

As vítimas já retornaram às famílias sem ferimentos, mas os sequestradores conseguiram escapar. O delegado Thiago Martimiano, do Grupo Antissequestro da Deic, dará mais detalhes sobre o caso à imprensa na manhã da segunda-feira, 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.