Polícia Civil resgata filhote de cachorro acorrentado em casa vazia, em Pirenópolis

Filhote tem aproximadamente quatro meses de idade e estava amarrado com uma corda de um metro de comprimento. Segundo veterinário, animal apresentava sinais claros de desidratação e fome. Resgate só foi possível graças a uma denúncia

Filhote abandonado / Foto: Reprodução/PCGO

Agentes da Delegacia de Polícia de Pirenópolis resgataram um filhote de cachorro vítima de maus-tratos que estava amarrado, “submetido a sofrimento e condições degradantes” em uma residência do município.

As condições críticas que envolviam a integridade do animal foram constatadas por um médico veterinário que acompanhou a equipe durante todo o resgate.

O filhote tem aproximadamente quatro meses de idade e estava amarrado com uma corda de um metro de comprimento. Ele apresentava sinais claros de desidratação e fome, segundo o veterinário.

Ninguém foi encontrado na residência onde o cão havia sido deixado preso. No entanto, a Polícia Civil já identificou o morador e está à sua procura. De acordo com as autoridades, o homem irá responder pelo crime de maus-tratos a animais e se condenado poderá pegar até 5 anos de reclusão.

O resgate só foi possível graças a uma denúncia. O filhote foi recolhido pela Polícia Civil e encaminhado a uma ONG local que cuida de animais em situação de abandono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.