Polícia Civil prende três homens que assaltaram a deputada e delegada Adriana Accorsi

Policiais da Deic também prenderam três criminosos. Criminosos moram em bairros próximos do Setor Jaó, onde a política do PT reside

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Adriana Accorsi: delegada e deputada foi assaltada na segunda-feira, 2, no Setor Jaó, em Goiânia | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

A Polícia Civil prendeu na quinta-feira, 5, os assaltantes da casa da delegada e deputada estadual Adriana Accorsi. Lucas Santos Ferreira, de 19 anos, e Denis Rafael Gama, de 21 anos, entraram na residência, no Setor Jaó, na segunda-feira, 2, e levaram um escapulário de ouro, armas e 800 reais em dinheiro. O comparsa Rodolfo Neiva de Brito, de 24 anos, ficou aguardando num Fox Prata. A polícia conseguiu recuperar os objetos roubados com os receptadores Juan Henrique Ferreira Barros, de 22 anos, Felipe Souza e Silva, de 18 anos, e Ione dos Santos da Silva.

Os integrantes da quadrilha moram em bairros que ficam próximos do Setor Jaó — no Jardim Guanabara, Conjunto Caiçara e Residencial Vale dos Sonhos. A delegada Karla Fernandes, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), informou que Lucas Santos Ferreira, Denis Rafael Gama e Rodolfo Neiva de Brito vão responder por roubo qualificado e associação criminosa. Os que não participaram diretamente do assalto respondem por posse ilegal de arma, associação ao crime e receptação.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.