Polícia Civil prende personal trainer suspeito de abusar sexualmente de criança

Além do personal trainer, o padastro da vítima também foi preso preventivamente; segundo a investigação, criança foi abusada diversas vezes

Homem era amigo do padastro da vítima | Foto: Reprodução / Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (13/2), em Caldas Novas, W. F., um personal trainer de 27 anos suspeito de ter estuprado uma criança. O homem era amigo do padastro da vítima, que também abusou sexualmente da menina.

Segundo a investigação, a mãe da criança se mudou para Caldas Novas há um tempo e acabou se envolvendo com o amigo do personal trainer. Depois de um tempo, ele começou a obrigar a menina a assistir filmes pornográficos com ele e a estuprou diversas vezes, ameaçando a criança de que se ela falasse algo, ele faria mal à mãe ou ao pai dela.

Em um determinado dia, o padastro levou a criança para o apartamento do personal trainer que viu os abusos e afirmou que queria os “favores sexuais” da criança também, caso contrário contaria toda a situação. O homem permitiu, então, que a enteada fosse estuprada por W. F.

A situação foi descoberta quando a criança foi passar férias na casa do pai, em Nova Crixás. O padastro enviou um áudio pedindo “nudes” da menina e o pai escutou a mensagem. Ele, então, brigou com o padastro, avisou a mãe da situação e acionou a polícia.

A mãe da menor não sabia do que acontecia e, ao ser avisada, saiu de casa e foi para outra cidade. Ela foi perseguida pelo padastro, que tinha o intuito de matar a ex-mulher. Ele foi preso temporariamente na última sexta-feira (10).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.