Polícia Civil prende mulheres suspeitas de matar catador de recicláveis durante briga por R$ 2

De acordo com as investigações, mãe e filha são autoras de agressão que levou a morte do homem após ele se recusar a dar dinheiro pedido por elas

A Polícia Civil de Goiás prendeu na última quarta-feira, 24, duas mulheres acusadas de homicídio qualificado contra um catador de recicláveis em Luziânia. Segundo divulgação das investigações, mãe e filha teriam cometido o crime após o trabalhador se recusar a dar R$ 2 (dois reais) a elas.

O crime aconteceu em novembro do ano passado, quando as mulheres que moravam no mesmo bairro do catador o abordaram pedindo o dinheiro. Segundo as investigações a vítima não entregou o dinheiro, justificando que não o faria porque elas usaram o dinheiro para comprar drogas.

Após as agressões, que teriam incluído golpes com socos e até mesmo com a bicicleta da vítima o homem voltou para casa sem buscar atendimento médico por medo de represálias. Após o agravamento de seu quadro de saúde, veio a óbito em fevereiro deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.