Polícia Civil desarticula laboratório de cocaína em Goiânia

Na segunda fase da Operação Conúbio, policiais chegaram a mais um envolvido em esquema de tráfico de drogas na capital. Um homem foi preso

Na casa do suspeito, a polícia apreendeu R$ 80 mil em dinheiro vivo e uma pistola calibre 380 | Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil (PC) deflagrou, nesta quarta-feira (22/3), a 2ª fase da Operação Conúbio para desarticular laboratório de refino de cocaína em Goiânia. Segundo a PC, foram apreendidos no local 50 quilos de cocaína, material para embalagem, formas, microondas, balanças de precisão e documentos da contabilidade do tráfico.

No laboratório, que ficava no bairro Três Marias, um homem foi preso – Danilo Vieira, de 28 anos. Em seguida, os policiais seguiram para a sua casa, que fica no Setor Vista Bela, onde encontraram R$ 80 mil em dinheiro vivo e uma pistola calibre 380. Ele foi preso porque, de acordo com as investigações, parte da droga apreendida na primeira fase da operação seguia sendo comercializada por ele.

Segundo o titular da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), Vinícius Teles, os policiais descobriram que o esquema permaneceu ativo mesmo com a prisão de alguns envolvidos na primeira fase da Operação.

Deflagrada em 23 de fevereiro, a Conúbio prendeu dez indiciados por tráfico e drogas, associação para o tráfico e porte de arma. O grupo era dividido em dois: Uma parte deles comprava e comercializava a droga, a armazenava e, em seguida, distribuía para que os demais fossem para a venda diária. A cocaína era inclusive manipulada para aumentar seu volume.

Deixe um comentário