Polícia Civil busca morador de rua suspeito de assassinar motorista de aplicativo

Discussão de trânsito é apontada como estopim para o crime, relata presidente de associação de motoristas

Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), informou por meio de nota que as diligências para elucidação da morte do motorista de aplicativo Ismael Ribeiro, vítima de golpe de arma branca, estão em andamento desde a noite desta segunda-feira, 2.

Neste momento, as equipes da especializada, lideradas pelo delegado Francisco Costa, estão em campo em busca do paradeiro do suspeito e de informações que possam ajudar na sua identificação e localização.

Enquanto isso, o presidente da Associação dos Motoristas por Aplicativos do Estado de Goiás (Amago), Leidson Alves, afirma que a categoria irá se reunir às 15h para discutir a situação de insegurança vivida pelos profissionais de aplicativo na capital. Também será encaminhado um ofício à Secretaria de Segurança Pública solicitando uma audiência.

“Pediremos uma reunião com o Comando para estreitar laços e expor algumas situações que afligem os motoristas”, diz Leidson. Sobre o caso, o presidente da Amago afirma que independente de ter sido uma situação atípica envolvendo uma discussão com um morador de rua, a vítima estava em serviço.

“Ele estava indo atender a uma chamada quando colidiu o carro com uma carroça de reciclagem. Houve uma discussão e o morador de rua desferiu um golpe de faca nele. O motorista conseguiu fugir e ir até o hospital, mas não resistiu”, relata o colega de profissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.