Polícia Civil apura crime de estelionato praticado na prefeitura de Piracanjuba

Indícios apontam que uma associação filantrópica, que presta serviços médicos à prefeitura, estaria recebendo pagamentos indevidos por exames não realizados

Foto: Divulgação PCGO

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Combate à Corrupção (Deccor), deflagrou na manhã desta quarta-feira, 2, a Operação Falso Exame. A investigação apura indícios do crime de estelionato mediante fraude praticado contra a Administração Pública em Piracanjuba.

Os policiais civis cumprem quatro mandados de busca e apreensão, em Goiânia e em Piracanjuba. Segundo a investigação, a Prefeitura de Piracanjuba recebeu valores destinados através de emenda parlamentar e que seriam utilizados para custear exames médicos à população.

No entanto, a Deccor investiga indícios de que uma associação filantrópica, que presta serviços médicos à prefeitura, estaria recebendo pagamentos indevidos por exames não realizados.

Entre os investigados está uma vereadora da cidade que seria administradora de uma clínica prestadora dos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.