Polícia apresenta sequestradores de jovem mantido em cativeiro em Goianira

Paulo Antônio Batista ficou em poder dos criminosos por mais de um mês. Polícia descobriu cativeiro na manhã de segunda-feira (27)

Sete pessoas suspeitas de estarem envolvidas no sequestro do jovem Paulo Antônio Batista estão presas na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) no complexo de delegacias especializadas, no Setor Cidade Jardim, em Goiânia.

Os criminosos serão apresentados à imprensa nesta terça-feira (28/4) pelos delegados da Polícia Civil Kleber Leandro e Thiago Damasceno.

O rapaz ficou em poder dos sequestradores por 32 dias. Paulo Antônio estava acorrentado a um bloco de concreto em um pequeno banheiro em uma fazenda de Goianira. A vítima foi sequestrada por um grupo de quatro pessoas na Fazenda Jaboticabal, na cidade de Nova Fátima, no último dia 26 de março.

A Polícia Civil descobriu o local onde Paulo Antônio estava sendo mantido na segunda-feira (27). O jovem estava sozinho e a família dele, proprietária da fazenda, tinha pagado R$ 216 mil pela liberação dele.

Os investigadores irão repassar novas informações sobre o caso em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.