Podemos lança Felizberto Tavares na disputa pela prefeitura de Goiânia

Principal bandeira do partido será a desburocratização do Executivo. “Queremos a prefeitura sendo acessada diretamente pelo cidadão. Hoje, a prefeitura tem o mesmo pensamento de 20 ou 30 anos atrás”, disse o presidente estadual da sigla

Felizberto Tavares e José Nelto em anúncio de pré-candidatura pelo Podemos | Foto: Felipe Cardoso / Jornal Opção

O Podemos lançou, na manhã desta segunda-feira, 8, a pré-candidatura do vereador Felizberto Tavares à prefeitura de Goiânia.

“Estive oito anos na câmara e, apesar de muito debater, percebi pouca ou nenhuma melhoria. Tentamos, ao longo desse tempo, por repetidas vezes, mostrar a necessidade de Goiânia desburocratizar seus processos. Por conta de tanta burocracia já perdemos grande parte dos empresários para Aparecida, Senador Canedo, Anápolis e outras. De tanto debater e não ver resultado no Executovo é que resolvi me candidatar”, disse o pré-candidato.

Segundo ele, a intenção, se eleito, é trabalhar não só pelo momento, mas que os resultados alcançados possam ser aplicados ao longo dos anos posteriores ao mandato.

“Poderia ficar na zona de conforto e disputar novamente o cargo de vereador onde temos 35 vagas, mas resolvi deixar o que é cômodo e aceitei o desafio de buscar a única vaga do Executivo. Quero contribuir, qualificar nossa prefeitura. Temos um time experiente e com ele não há o que temer. Se eleito, nosso mandato acontecerá não só por meio da figura do prefeito, mas através de um grupo de pessoas com ideias que possam levar Goiânia à verdadeira melhoria”, pontuou.

O presidente estadual do partido, deputado federal José Nelto, também participou do encontro onde considerou este “um dia importante na vida do nosso partido político”.

“Nosso partido é ideológico, temos princípios e compromisso com a vida do povo. Precisamos humanizar os processos e desburocratizar a administração pública. É o momento de ter um prefeito humano. Precisamos mudar a gestão o povo está cansado”, destacou.

“Queremos a prefeitura sendo acessada diretamente pelo cidadão. Hoje, a prefeitura tem o mesmo pensamento de 20 ou 30 anos atrás. Está na era das gavetas. Uma administração moderna deve ser ágil e resolver a vida do cidadão em questão de minutos. Queremos um governo sintonizado, desburocratizado. Temos uma chapa competitiva”, continou José Nelto.

Politicamente falando, ele lembrou que sempre apoiou Íris Rezende, no entanto, disse acreditar que chegou o momento dele assumir o papel de conselheiro. “Reconhecemos seu trabalho, mas acho que ele já está um pouco vencido. Precisamos renovar e avançar. Vou procurar o governador, levarei o Felizberto para uma conversa e o mostrarei como opção”, pontuou.

O encontro teve espaço na sede do escritório político do deputado federal José Nelto reuniu uma pequena quantidade de jornalistas e representantes políticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.