Para Heuler Cruvinel, insatisfação popular com a absolvição de Temer é justa, mas, na sua opinião, economia brasileira pode se beneficiar da estabilidade política

O deputado federal Heuler Cruvinel (PSD) defendeu, em entrevista ao Jornal Opção, que a vitória do presidente Michel Temer (PMDB) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dá a ele mais fôlego para conseguir terminar seu mandato. Para o parlamentar, Temer recupera um pouco da sua força mesmo com a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) envolvendo seu nome.

[relacionadas artigos=”96449″]

“Acredito que com essa decisão do TSE ele cria mais credibilidade dentro da Câmara e melhore sua situação no Congresso”, apostou o deputado. Questionado, no entanto, se isso significa que Temer permanecerá no cargo até o fim de 2018, Heuler disse acreditar que sim, mas não quis afirmar com certeza: “No Brasil atual nós não temos condições de fazer uma previsão dessas”, brincou.

Sobre a situação das reformas de Temer no Congresso, ele disse que a trabalhista já está bem encaminhada, mas que a da Previdência deve enfrentar resistência para ser aprovada. “São importantes e necessárias para o país, mas a Previdência precisa ser mais bem debatida, hoje acredito que ela não tem nenhuma condição de passar”.

Heuler comentou ainda a reação popular à absolvição de Temer, dizendo que com certeza houve certa frustração das pessoas, mas que a decisão do TSE pode acabar tendo boas consequências. “Pode ter sido bom pro país, principalmente pelos sinais que a gente tinha da melhoria da economia do Brasil, então acredito que o país precisa de um pouco de estabilidade política para voltar a crescer”, finalizou ele.