PMDB goiano marca audiência com Michel Temer para mostrar que não há divisão no partido

Peemedebistas se encontraram nesta segunda-feira (2/3) para acertar detalhes do encontro em Brasília, previsto para a próxima semana

Para o José Nelto, PMDB: tem união, sim | Foto: Denise Xavier

Para o José Nelto, PMDB: tem união, sim | Foto: Denise Xavier

“Mostrar que não há divisão entre os grupos de Iris Rezende e Maguito Vilela.” Este será o recado que o PMDB goiano pretende levar à cúpula nacional da legenda em audiência marcada para a próxima semana com o vice-presidente da República, Michel Temer.

Os detalhes foram acertados nesta segunda-feira (2/3), durante reunião da bancada da sigla na Assembleia Legislativa com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela. Também participaram do encontro o presidente estadual da legenda, Samuel Belchior, e a ex-deputada federal Iris de Araújo.

“Iremos mostrar para a cúpula nacional a unidade do partido e, ao mesmo tempo, apresentar nosso projeto de poder para 2016 e 2018”, explicou ao Jornal Opção Online o deputado estadual José Nelto.

Segundo ele, estarão presentes na audiência, além da bancada federal e estadual de deputados, os vereadores do partido por Goiânia e Aparecida de Goiânia. “Há essa conversa de que o partido está dividido, e vamos mostrar que isso não procede”, frisou o peemedebista.

Sobre as articulações para o próximo pleito municipal, José Nelto afirmou que o momento não é oportuno para discutir nomes e, sim, para “formar um projeto político consistente”.

Questionado se Iris Rezende representará a unidade da legenda, caso o decano saia mesmo como candidato a prefeito de Goiânia em 2016,  José Nelto disse não haver dúvidas. “Se ele for o escolhido, ele será o candidato de um partido unido”, frisou.

Sobre o processo de expulsão do empresário Júnior Friboi e do atual chefe de gabinete do governador tucano Marconi Perillo, Frederico Jayme, o deputado estadual disse que a questão “logo estará resolvida”. “Estamos tratando de assuntos sérios, isso não foi sequer tratado na reunião que tivemos hoje”, afirmou.

Deixe um comentário