PMDB define futuro do diretório estadual nesta segunda-feira

Reunião apresentará proposta para que Iris Rezende assuma presidência com Daniel Vilela de vice

Iris discursa durante o evento na sede do PMDB, ao lado dos deputados José Nelto, Bruno Peixoto e o vereador e secretário Paulo Magalhães. Ao fundo, o deputado federal Daniel Vilela; embaixo (à esquerda), o vereador Wellington Peixoto, recém-filiado ao partido | Foto: Alexandre Parrode

Iris discursa durante evento na sede do PMDB, ao lado dos deputados José Nelto, Bruno Peixoto e o vereador e secretário Paulo Magalhães. Ao fundo, o deputado federal Daniel Vilela; embaixo (à esquerda), o vereador Wellington Peixoto | Foto: Alexandre Parrode

Os principais líderes do PMDB em Goiás reúnem-se nesta segunda-feira (11/1), às 15 horas, com Iris Rezende para discutir a presidência do partido no Estado. A reunião no escritório de Iris servirá para que os políticos apresentem ao decano a proposta para que ele assuma a presidência do partido no Estado, com o deputado federal Daniel Vilela como vice-presidente.

Presidente da comissão provisória do partido em Goiás, Pedro Chaves confirmou a presença dos deputados José Nelto, Bruno Peixoto, Adib Elias e Paulo César Martins. O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, também deve participar da reunião. Daniel Vilela está em viagem e não deve comparecer.

O encontro vai definir a reunificação da sigla em Goiás ou evidenciar de vez a divisão entre os grupos de Iris Rezende e Daniel Vilela. Para o deputado José Nelto, a resposta de Iris à proposta ainda é uma icógnita. “Só Deus sabe”, afirmou. Em entrevista à coluna Bastidores, Nelto afirmou torcer para que Iris aceite a proposta. “Torço para que Iris assuma e contribua para a pacificação do PMDB”.

Iris esteve em viagem durante toda a semana passada e não deu nenhuma indicação de seu posicionamento. Chaves também não arrisca um resultado, mas explica que em caso de um não acordo, a saída será busca de novas alternativas para união do partido e, em último caso, a disputa de chapas pela presidência.

Daniel Vilela tem tentado assumir o comando do partido no Estado e teria feito um acordo com Iris para que, quando este saia candidato a prefeito de Goiânia neste ano, o deputado assuma o diretório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.