PM retira idosa que protestava contra quarentena em Caldas Novas

A mulher chegou a ser algemada, mas simulou se sentir mal e acabou sendo liberada

Uma idosa foi detida pela Polícia Militar (PM) em uma agência bancária de Caldas Novas ao protestar aos gritos contra decretos estadual e municipal que restringem movimentação e aglomerações como medidas de combate à rápida contaminação de Covid-19, doença causada pelo coronavírus (Sars-Cov-2).

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o problema teve início após ela tumultuar o atendimento na agência. Um dos funcionários da agência tentou demovê-la do protesto, mas não obteve sucesso.

A idosa ainda teria destratado os policiais que foram chamados para contê-la e se debater. Ao ser imobilizada, ela ainda teria se simulado ter passado mal. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado.

Apesar do transtorno, ela foi liberada.

 

Uma resposta para “PM retira idosa que protestava contra quarentena em Caldas Novas”

  1. Eli disse:

    Como assim simulou? Tinha algum médico lá para comprovar tal simulação? É um absurdo algemar uma senhora nesta idade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.