PM prende mulher suspeita de matar estudante Nathália Zucatelli

Segundo informações da polícia, ela teria confessado o latrocínio, ocorrido na última segunda-feira (22/2)

image

Natália Gonçalves teria assumido a autoria do disparo que vitimou a estudante | Foto: reprodução / SSP-GO

Em nota oficial, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO) informou na manhã desta sexta-feira (26/2) a prisão de Natália Gonçalves de Sousa, suspeita do latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou a estudante Nathália Araújo Zucatelli, 18 anos, na porta de um colégio no Setor Marista, na noite da última segunda-feira (22/2).

Natália Gonçalves foi presa na noite da última quinta-feira (26/2) pela Polícia Militar com o apoio do batalhão de choque em uma ação conjunta no setor Pedro Ludovico, em Goiânia. Segundo nota da SSP, a suspeita confessou ter sido a autora do disparo que matou a estudante.

Ainda de acordo com informações da secretaria, antes do latrocínio, Natália Gonçalves e os demais envolvidos haviam cometido pelo menos outros três assaltos. O juiz plantonista da 11ª Vara Criminal da Comarca de Goiânia, José Proto de Oliveira, decretou prisão provisória de 30 dias para ela e os demais envolvidos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.