PM e Segurança Pública confirmam princípio de rebelião em novo presídio de Anápolis

Manifestação de presos foi totalmente controlada, informou secretaria via nota. Não houve reféns e ninguém ficou ferido

A Polícia Militar de Anápolis confirmou ao Jornal Opção nesta sexta-feira (24/2) princípio de rebelião no novo presídio da cidade, que recebeu na quinta-feira (23) 558 presos da Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia.

Relatos de barulhos de bombas e tiros assustaram vizinhos durante a manhã. Em nota divulgada à imprensa por volta das 15 horas, a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) informou que o princípio de manifestação de detentos havia sido totalmente controlado. A PM também confirma a informação.

Conforme comunicado, não houve reféns e ninguém ficou ferido. Os presos protestaram contra a transferência realizada em razão do tumulto ocorrido na quinta-feira (23) na Penitenciária Odenir Guimarães.

A rebelião de detentos em Aparecida de Goiânia terminou com 5 mortes e 35 feridos. Para controlar a situação, o governo resolveu levar parte da população carcerária para o presídio anapolino, ainda não inaugurado oficialmente. Segundo a SSAP, a medida foi tomada justamente para garantir a segurança dos detentos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.