Esse é o tipo de história que poderia muito bem ser o roteiro de um filme de Hollywood, mas é real. Após ser chamada na noite da última segunda-feira, 27, para averiguar a ocorrência de um cão que mordeu o boi de propriedade de um morador de Itapema, Litoral Norte de Santa Catarina, policiais militares encontraram, na casa do tutor do cachorro mordedor, dez raias, um tubarão-martelo e um tatu congelados, além de armas, munições e drogas.

As informações são do G1 de Santa Catarina. Conforme o veículo, a Polícia Militar (PM) foi acionada por volta de 19h e encontrou o dono do cachorro, de 27 anos, que assumiu a responsabilidade pelo animal. Os PMs teriam pedido autorização dele para entrar em sua casa, e nesse momento, o homem teria conseguido fugir ao correr e se embrenhar em uma zona de mata.

Após revista na casa do suspeito, os policiais começaram a encontrar os animais exóticos e os artefatos inesperados.

Veja a lista completa dos achados:

  • 1 Pistola Glock G25;
  • 1 Garrucha calibre 22;
  • 1 Kit Roni recover;
  • 1 Carregador de munição caracol marca Promag 9mm;
  • 1 Carregador alongado 40 munições da marca Etsgroup;
  • 2 balanças de precisão;
  • 1 munição de calibre .22;
  • 9 munições de calibre 12;
  • 19 munições calibre 09mm;
  • 11 munições de 38;
  • 27 munições de 380mm;
  • R$501,40;
  • 1 nota de 20 dólares;
  • 1 taco de baseball;
  • 1 faca com resquícios de maconha utilizada para separar em porções a maconha;
  • Smartfone Samsung;
  • 1 Binocolo;
  • 1 caixa de som da Philco Pcx20000;
  • 3 armadilhas de tatu;
  • 3 pássaros trinca ferro;
  • 2 pássaros cólera;
  • 1 tubarão martelo;
  • 10 raias;
  • 01 tatu.

O dinheiro, a maconha e as porções de cocaína foram encontradas durante revista em um carro que estava aberto na propriedade.

Conforme a PM, os objetos que configuram crime ambiental, como as armadilhas, ficaram na responsabilidade do Grupo Operações Resgate (GOR), também acionado para a ocorrência. Os outros itens foram entregues para a Polícia Civil.

Foto: Divulgação/PM

Leia também:

Ciclone deixa 22 mortos e causa enchentes na Região Sul