Plenário acata emendas e votação do Plano Plurianual é adiada

Projeto do Paço que estipula planejamento para os próximos quatro anos volta para nova análise na Comissão Mista

Lucas Kitão (PSL), presidente da Comissão Mista, e os vereadores Welington Peixoto (PMDB), Dra. Cristina Lopes (PSDB), autores de emendas que alteraram o PPA | Foto: Alberto Maia / Câmara Municipal

O plenário da Câmara Municipal de Goiânia aprovou na manhã desta quinta-feira (16/11), emendas ao projeto de lei do Paço para o Plano Plurinual (PPA), que planeja a gestão municipal de 2018-2021.

As alterações propostas pelos vereadores Wellington Peixoto (PMDB) e Dra. Cristina Lopes (PSDB) em plenário foram acatadas por unanimidade e, com isso, o projeto volta para a Comissão Mista, onde será analisado por um novo relator.

A vereadora do PSDB apresentou emendas voltadas para Educação, para incentivos de assistência no programa para deficientes e prevenção de incêndios nos CMEIS. Welington Peixoto acrescentou alteração que especifica incetivos para melhorias no trânsito, como sinalização, obras nas vias e ações educativas.

Na semana passada, os vereadores que compõem o colegiado aprovaram o relatório do vereador Wellington Peixoto (PMDB), que incluía quatro emendas: duas do vereador Jorge Kajuru (PRP), para viabilizar a implantação do Instituto Diabético de Goiânia e outra que dispõe de recursos para a realização de cirurgias bariátricas para pacientes do Sistema Único de Saúde; uma do vereador Gustavo Cruvinel, que para recuperação e revitalização e criação de novos parques em Goiânia e uma última de autoria de Anderson Sales Bokão(PSDC), pela inclusão de crianças e adolescentes em programa esportivo de artes marciais.

 

Deixe um comentário