Plano Diretor: Câmara define calendário de reuniões setoriais e novas audiências públicas

*** Por Lívia Barbosa e Mirelle Irene

Relator aponta que a Câmara Municipal tem se esforçado para ampliar a participação popular na tramitação do projeto, em atendimento às recomendações do MP

Cabo Senna | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Nesta semana começam as reuniões setoriais virtuais da Câmara Municipal de Goiânia com representantes de bairros da capital para debater o Plano Diretor. Nesta terça-feira, 4, às 16h, será a vez de ouvir as demandas dos moradores e representantes do Marista. Na quarta-feira, 5, às 14h, será a vez de uma discussão mais aprofundada sobre o Setor Jaó.

Segundo o relator do projeto na Comissão Mista, vereador Cabo Senna, outras reuniões setoriais podem ser marcadas com o Conselho de Arquitetura de Goiás (CAU-GO), Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) e outros bairros.

“Estamos seguindo orientação do Ministério Público que apontou a necessidade de maior participação popular na tramitação da proposta. Sabemos o quanto isso é importante e queremos que pessoas se envolvam nesta discussão”, argumenta o relator.

Após o dia 14, Cabo Senna informa que a Casa realiza novas audiências públicas gerais mistas, ou seja, realizadas no Plenário da Câmara e também virtual. Esses encontros também atendem à recomendação do MP-GO. “Não queremos fazer nada ao arrepio da lei, vamos ouvir as considerações e pensar o que é melhor para a cidade”, avalia.

“No dia 17 de agosto teremos uma reunião mista, às 18h30. No dia 18, teremos outra audiência às 16h, e no dia 20 será feito mais um encontro às 16h. No dia 21, sexta-feira, a audiência no regime misto será às 9h”, detalha. “Faremos os encontros em vários horários, para que a população consiga participar dos debates”, completa Senna.

Ainda de acordo com o parlamentar, é preciso terminar as audiências para que ele conclua a análise e entregue o relatório final. No entanto, o relator frisa que a tramitação do Plano Diretor deve ser conduzida sem pressa e sempre em atenção e parceria com o Ministério Público e com a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.