Pirenópolis instala barreira sanitária para acesso à cidade e toque de recolher durante o feriado

Novo decreto, em vigor desde quarta-feira, 31, prevê a limitação de ocupação em 50% de todos os espaços públicos e privados, incluindo, bares, restaurantes, hotelaria e atrativos turísticos.

Pirenópolis, uma das principais cidades turísticas de Goiás, implantou medidas rigorosas para o feriado da Semana Santa. Depois do período de 10 dias de fechamento de todos os serviços não essenciais do município, o novo decreto, em vigor desde quarta-feira, 31, prevê a limitação de ocupação em 50% de todos os espaços públicos e privados, incluindo, bares, restaurantes, hotelaria e atrativos turísticos.

De acordo com secretário de Cultura e Comunicação de Pirenópolis, Ronaldo Felix, foram instaladas barreiras sanitárias nas vias de acesso à cidade para controlar a entrada de turistas. Além do toque de recolher da 0h às 5h, com o encerramento de todas as atividades às 23h, exceto farmácias, postos de combustíveis e serviços de saúde. “Para entrar na cidade as pessoas são abordadas pela equipe do controle de acesso. É aferida a temperatura e exigido a reserva em hotéis, pousadas ou algum atrativo turístico. E recebem todas as recomendações de segurança sanitária”, informou.

Ronaldo Felix explica que, além do limite da capacidade de 50%, os estabelecimentos devem respeitar todos os protocolos de segurança, as mesas devem ter distância mínima de dois metros, exigência do uso de máscaras e disponibilização de álcool em gel, música ao vivo apenas voz e violação no sentido de som ambiente. Está proibido a circulação com coolers, copos e garrafas e bebidas alcóolicas, nas vias da cidade. E banho e permanência na Beira do Rio das Almas.

“Colocamos grades nas entradas de acesso para Rua do Lazer para aferir a temperatura e orientar as pessoas. Ninguém entra sem máscara. Não acreditamos que o movimento seja tão grande, baseado nos finais de semana anteriores do fechamento porque a cada final de semana estava diminuindo muito o numero de visitantes. E como demoramos para definir se no feriado seria possível receber turistas e só entra com reserva, então acreditamos que não vamos atingir nem a capacidade de 50%”, pontuou o secretário.

Boletim epidemiológico

Conforme o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura de Pirenópolis, a cidade tem 244 casos ativos da Covid-19. Ao todo, 1104 pessoas foram infectadas pelo doença e registrados 30 óbitos. “A situação epidemiológica é considerada hoje estável, dentro do controle. Os casos não estão aumentando de forma alarmante”, afirmou Felix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.