PHS troca de liderança em Goiânia e se distancia de Caiado

Pré-candidatura do democrata perde força antes mesmo da campanha começar

Mesmo com conversas adiantadas, uma possível aliança entre o PHS e o senador Ronaldo Caiado (DEM) não deve ir para frente em Goiás.

O novo presidente da legenda na capital, Cleiton Lemos, zerou as negociações e deve iniciar diálogo com todos os pré-candidatos a governador antes de formalizar qualquer aliança.

Assim, é grande o risco de Caiado perder o apoio de uma das legendas que já o acompanhava na corrida pela disputa do Palácio das Esmeraldas.

Se o vice-governador José Eliton (PSDB) subir nas pesquisas depois que assumir o governo, a partir de abril, a saída do PHS pode criar um efeito manada e a base de apoio a Ronaldo Caiado poderá murchar ainda mais.

Outros presidentes de partido seguirão o mesmo caminho de Cleiton Lemos, e isso pode tirar o candidato do DEM da disputa antes mesmo da campanha começar de verdade.

Deixe um comentário