PGE é intimada sobre decisão judicial que suspendeu efeitos da PEC da Previdência

Procuradoria argumenta que definirá as medidas que devem ser tomadas em relação a decisão da Justiça 

Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

A Procuradoria-Geral do Estado confirmou ao Jornal Opção que já foi intimada sobre decisão judicial que suspendeu os efeitos da Emenda Constitucional da reforma da Previdência estadual — aprovada pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) no fim de 2019. Segundo a Procuradoria, os técnicos definirão as medidas que devem ser tomadas em relação a decisão judicial.

Conforme mostrado anteriormente pela reportagem, uma nova liminar — desta vez em favor do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Goiás (Sindpúblico) — foi deferida pela Justiça. O documento, assinado pela juíza Anelise Beber Rinaldin, sustou os efeitos da matéria aprovada pelo Legislativo em meados de dezembro do ano passado.

Uma resposta para “PGE é intimada sobre decisão judicial que suspendeu efeitos da PEC da Previdência”

  1. Alba Borges de Medeiros disse:

    Deus existe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.