PF investiga caso de plágio em redação do Enem 2017

Agentes fizeram buscas na casa de aluno da Bahia que teria incluído trechos da sinopse de um livro em seu texto

Caderno de prova confiscado na casa de estudante suspeito de plágio | Foto: Divulgação / PF

 

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta sexta-feira (19/1) mandado de busca e apreensão na casa de um estudante suspeito de fraudar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Salvador, na Bahia.

A banca examinadora identificou vestígios de plágio na redação do aluno. Segundo informações da PF, ele teria copiado trechos da sinopse do livro “Redação de Surdos: Uma Jornada em Busca da Avaliação Escrita”, da autora Maria do Carmo Ribeiro, disponível em sites da internet.

A redação do Enem 2017 teve como tema “Desafios para a Formação Educacional dos Surdos”.
Se comprovado o plágio, o estudante pode ter a prova anulada e ser indiciado pelo crime de fraude em certame de interesse público, cuja pena é de um a quatro anos de reclusão e multa.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.