O presidente do Pros, Eurípedes Jr. pode perder o comando da sigla. Isso porque, o ex-presidente nacional do partido, Marcus Holanda disse que aguarda investigação da Polícia Federal sobre repasses de verba suspeitos da legenda a candidatos que obtiveram desempenho inexpressivo nas eleições deste ano.

Na quarta-feira, 30, a Polícia Federal realizou uma operação no Amazonas, onde foi registrado um dos casos com maior suspeita de desvio de recursos públicos do fundo eleitoral repassados pelo Pros. A investigação teve alvo a candidata a deputada federal Adriana Mendonça (Pros) e seu ex-marido Henrique Oliveira (Podemos), ambos utilizaram recursos públicos do partido nas eleições de 2022.

A pouca expressão de votos que alguns dos candidatos receberam levantou suspeitas de supostas candidaturas falsas por parte de alguns deles e que suas candidaturas tenham sido de fachada.

*Com informações da CNN