PF apura falsidade ideológica de jogadores argentinos

Mesmo já notificados pela Anvisa para serem isolados e deportados do país, atletas argentinos foram convocados a jogarem contra o Brasil nas eliminatórias da Copa do Mundo

Jogadores argentinos são investigados pela PF | Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Inquérito com objetivo de apurar ocorrência de crime de falsidade ideológica por jogadores da seleção argentina de futebol foi instaurado nesta segunda-feira, 6, pela Polícia Federal. Para entrar no Brasil, onde jogariam contra a seleção brasileira pelas eliminatórias da Copa do Mundo, os atletas teriam fornecido informações falsas.

Neste domingo, 5, a partida entre os dois times foi interrompida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) após cinco minutos de seu início. A agência, que já havia pedido pelo isolamento e posterior deportação dos jogadores argentinos. No entanto, a medida não foi cumprida e os atletas foram escalados à partida.

Em cumprimento à Portaria Interministerial 655. de 2021, qualquer viajante estrangeiro que tenha passagem, nas últimas duas semanas, pelo Reino Unido da Grã-Bretanha, Irlanda do Norte e Índia não tem permissão para entrar no país. Segundo a PF, ainda neste domingo, os jogadores foram notificados para deixarem o país e formalmente ouvidos em termos de declarações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.