PF apreende na casa de Aécio documentos identificados como ‘cx 2’

Operação foi realizada no dia 18 de maio no apartamento do parlamentar no Rio de Janeiro

(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Polícia Federal (PF) apreendeu no apartamento do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) documentos que estavam com a inscrição “cx 2”, conforme relatório dos investigadores enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF). O informação é do jornal O Globo desta sexta-feira (26/5).

Em operação realizada no dia 18 de maio no apartamento que o parlamentar mantém na Avenida Vieira Souto, no Rio de Janeiro, uma série de papéis e documentos foram levados. Além disso, quadros e esculturas também foram apreendidos.

Na residência do senador também foi apreendido um aparelho bloqueador de sinal telefônico, um telefone celular e um pen drive. No mesmo dia, outra operação de busca e apreensão foi realizada no gabinete de Aécio no Senado, onde foram encontrados outros documentos.

Em uma agenda de 2016 verifica-se escrito um agendamento com o empresário Joesley Batista da JBS. Foi apreendida ainda uma pasta transparente contendo cópias da agenda de 2016 onde verifica-se agendamento com Joesley Batista.

A Operação Patmos foi deflagrada com base nas delações de executivos da JBS no âmbito da Operação Lava Jato.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.