Petição quer impedir que Sheherazade receba título de cidadã goiana

Segundo o autor da proposta, o “conservadorismo seletivo” da âncora do SBT não pode ter o aval do povo de Goiás

fasdf | Foto: Roberto Nemanis (SBT)

Jornalista foi duramente criticada por justificar ação de justiceiros no Rio | Foto: Roberto Nemanis (SBT)

Bruna Aidar

Uma petição contra a condecoração da jornalista Raquel Sheherazade como cidadã goiana foi criada nesta segunda-feira (8/6) no Avaaz. O pedido se dirige ao presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Helio de Sousa (DEM), para que ele não conceda o título à âncora do Jornal do SBT.

A proposta de condecoração de Sheherazade partiu do deputado Major Araújo (PRP), que justifica o título dizendo que a jornalista “destacou-se (…) por sua atuação séria e comprometida com a exposição da verdade, com notícia real e por sua opinião sempre em defesa da ética, da moral, dos costumes, da ordem e do interesse público do povo brasileiro”.

Na última quarta-feira (3), a Assembleia aprovou o requerimento de Araújo por unanimidade. Segundo o criador da petição, identificado como Igor P., “o conservadorismo seletivo da jornalista Rachel Sheherazade não pode ter o aval – e o pior, o patrocínio – do povo goiano”.

Igor critica as contradições da jornalista ao tratar de dois casos envolvendo adolescentes. O primeiro, ocorrido em 2014, foi o de um garoto negro agredido e amarrado a um poste em 2014. Os agressores disseram que o menino estava praticando furtos e por isso foi linchado. O segundo caso foi a prisão do cantor Justin Bieber no Brasil, depois de o canadense ter cuspido em fãs e pichado vários muros.

Quando tratou do adolescente negro, Sheherazade disse que a atitude dos chamados “justiceiros” foi “compreensível”. Ela completou o raciocínio com uma frase polêmica: “E, aos defensores dos direitos humanos, que se apiedaram do marginalzinho preso ao poste, eu lanço uma campanha: faça um favor ao Brasil, adote um bandido”.

O caso gerou muitas reações contrárias e inclusive motivou um pedido de retratação por parte do Ministério Público, que entrou com uma ação civil pública contra o SBT, emissora em que a jornalista trabalha. Sobre Bieber, Sheherazade foi mais compreensiva e justificou as atitudes do rapaz: “está crescendo”.

A petição está disponível aqui.

3 respostas para “Petição quer impedir que Sheherazade receba título de cidadã goiana”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Pensei que o título de cidadão goiano só fosse concedido em duplas.

    Não sei quem sente mais falta de lote para capinar ou pia de vasilhas para lavar: Deputados perdendo tempo concedendo títulos ocos ou gente achando que isto muda alguma coisa.

    Só para lembrar, o respeitadíssimo Prêmio Nobel já ofereceu um para… Adolf Hitler. NOBEL DA PAZ. E ELE RECUSOU. Diante disto, título de cidadão goianiense… prffff.

    Sendo uma co-cidadã, eu perderei o direito de mudar de canal ou deletar o vídeo sem assistir enviado pelo Whatsapp da Sheherazade? Senão, vamos deixar os deputados em paz. No tempo que gastam distribuindo títulos, eles poderiam estar fazendo coisa muito pior: Criando leis.

  2. Avatar Carlos Orestes Leite disse:

    Se o o Stédile recebeu…Ela tem mais que o direito de receber também!

    • Avatar Epaminondas disse:

      Verdade que um estado de vocação agrária, segmento que está carregando o PIB brasileiro nas costas, deu título de cidadão goiano ao fundador do MST?

      Fico torcendo que a nave mãe volte logo e leve os deputados para o planeta de origem deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.