Pesquisa revela que quase dois mil municípios brasileiros decretaram emergência em saúde pública

Pesquisa da CNM questionou 2.601 municípios sobre elaboração de planos de enfrentamento ao novo coronavírus. Maioria já decretou calamidade ou emergência em saúde pública

Maioria dos municípios brasileiros tem se preparado para o enfrentamento da pandemia | Foto: Europa Press News/Superinteressante

Pesquisa feita pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) revela que mais de 1.900 municípios já decretaram calamidade ou emergência em saúde pública por causa da pandemia de Covid-19. O relatório atingiu 2.601 municípios (46,71% do total), dos quais 1.607 disseram que ainda não registraram casos suspeito ou confirmado da doença. Outros 986 responderam que já registraram.

A CNM ainda questionou se o municípios elaboraram o Plano Municipal de Contingência do coronavírus. O plano é imprescindível para identificar níveis de resposta, estrutura e organização dos serviços, planejamento e definição das ações coordenadas integradas e monitoradas proporcionalmente ao risco.

As medidas devem ser aliadas de decretação de emergência, elaboração do plano de contingência, implantação do gabinete de crise, que devem seguir as necessidades locais. Dos 2.574 questionados, 2.019 (78,4%) elaboraram o Plano Municipal de Contingência. Outros 555 (21,6%) afirmaram que não.

Com pesquisas que continuarão a ocorrer enquanto durar a pandemia no Brasil, a CNM pretende publicar boletins semanais, mapeando a situação no país e auxiliando gestores municipais a utilizarem uma ferramento para avaliação e planejamento de ações de enfrentamento à Covid-19.

Também dentre os municípios avaliados, apenas 10,6% informaram ter rede de atenção à saúde estruturada para enfrentar uma epidemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.