31,1% dos eleitores afirmaram em levantamento que não compareceriam às urnas, sendo 28,2% deles para evitar aglomerações

 

Eleiçoes no Brasil | Foto: EVARISTO SA

Pesquisa Grupom, divulgada nesta quarta-feira, 7, realizada em todo Estado de Goiás com 3.091 entrevistados entre 16 e 70 anos, perguntou aos eleitores goianos se pretendem votar no dia 15 de novembro.

Entre as questões levantadas, realizadas por meio de formulário online, foi se as eleições fossem hoje, quais as chances daquele público comparecer às urnas. De com a pesquisa, 68,9% dos entrevistados iriam votar. Não iriam votar, 31,1%.

Para 40,7%, dos que disseram que vão votar no dia 15 de novembro, comparecer às urnas é um dever de todos. Para 40,2%, o voto é por mudanças. Têm parentes ou amigos candidatos e, por isso, votariam, 8%. Entre os que são candidatos, 5,6%. Os filiados a partidos que votariam representou 1,6% dos entrevistados, enquanto 3,9% não especificaram o motivo.

Já entre os que não pretendem votar, 28,2% justificaram que não compareceriam neste pleito por conta das aglomerações 28,2%. 23% afirmaram que não gostam de política. Entre os que não gostam dos candidatos de sua cidade, 15,7%. Não querem participar 14,6%. Pessoas que pertencem a grupos de risco da Covid representaram 11,4%. 4,5% não estarão em suas cidades, 0,5% não têm condições físicas de votar e 2,2% não especificaram os motivos.

Por grupos

Entre aqueles que se dizem insatisfeitos com a sua vida, 63,4% disseram que pretendem votar, enquanto 36,6% destes afirmaram que não irão votar por mudanças. Entre os satisfeitos, 76,8% querem votar. Outros 23,2% disseram que não querem votar.

O Grupom também separou entre homens e mulheres. Entre pessoas do sexo masculino, 73,5% pretendem votar e 26,5% não pretender votar. Já entre pessoas do sexo feminino, 65,7% pretendem votar e 34,3% não pretendem votar.

Por mesorregião central, em Goiânia, 55,6% disseram que irão comparecer às urnas, enquanto 44,4% não têm interesse. Em Aparecida de Goiânia, 53,4% pretendem votar, enquanto 46,6% não desejam participar das eleições. Em Anápolis, 82,4% querem votar e 17,6% não pretendem votar.