Pesquisa Grupom/Jornal Opção aponta empate técnico em Goiânia: Vanderlan com 27.2% e Maguito com 26%

Levantamento demonstra cenário de disputa acirrada e confirma tendência de segundo turno na capital

A pesquisa Grupom/Jornal Opção aponta que a disputa pela Prefeitura de Goiânia segue acirrada a apenas quatro dias da eleição de primeiro turno. O levantamento demonstra empate técnico entre os dois primeiros colocados nas intenções de voto na capital: Vanderlan Cardoso (PSD) e Maguito Vilela (MDB).

Se as eleições fossem realizadas hoje, Vanderlan levaria a melhor com 27.2% dos votos. Já Maguito Vilela tem a preferência de 26% dos eleitores, o que leva a disputa equilibrada para o segundo turno. O percentual de diferença entre os dois candidatos está dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 4%.

Os números não apresenta grande diferença na pesquisa espontânea – aquela em que o eleitor escolhe o primeiro nome que vem a mente, sem que sejam apresentadas as opções. Nessa modalidade, Vanderlan aparece com 23.5% das intenções. Já Maguito alcança os 22.6%.

Cenário aponta segundo turno apertado

A pesquisa Grupom/Jornal Opção também questionou os eleitores sobre uma disputa no segundo turno entre os dois candidatos melhor colocado no levantamento. Mais uma vez o cenário se mostra apertado entre Vanderlan e Maguito,

Para o segundo turno Maguito passa a frente, ficando com 43% das intenções de votos. Vanderlan alcança 40,1% da preferência dos eleitores. A diferença de 2.9% segue dentro da margem de erro da pesquisa. 

No segundo turno, a pesquisa aponta que 3% dos eleitores ainda está indeciso. Outros 13.9% responderam que vão votar nulo ou branco no dia 29 de novembro.

Rejeição 

O Grupom também fez o levantamento estimulado de quem o eleitor não votaria de jeito nenhum no primeiro turno. Mais uma vez a pesquisa revela o equilíbrio na corrida ao Paço. Maguito tem índice de rejeição de 15.1%, enquanto Vanderlan tem 14.9%.

Demais candidatos

A pesquisa traz Adriana Accorsi (PT) em terceiro lugar com 10.3% das intenções, seguida de Elias Vaz (PSB) que tem a preferência de 5.5%. Major Araújo (PSL) tem  4%, Gustavo Gayer (DC) chega a 3.8%. Já Allyson Lima (SD) aparece com 3.6%, Dra.Cristina (PL) tem 3% das intenções, enquanto Virmondes Cruvinel (PPS) fica com 1.3%. O candidato Samuel Almeida (PROS) tem índice de 0.8%, acompanhado de Talles Barreto (PSDB) com 0.7% e Manu Jacob (PSOL) que aparece empatada com Fábio Júnior (UP), – ambos com 0.5%. Cristiano Cunha (PV) fica 0.3%. Vínicius Gomes (PCO) e Antônio Vieira Neto (PCB) não pontuaram.

Indecisão para Câmara Municipal

Os eleitores ainda estão indefinidos em relação a escolha dos candidatos a vereadores em Goiânia, segundo a pesquisa Grupom/ Jornal Opção. Entre os entrevistados, 46.9% respondeu que não sabe ainda em quem vai votar para uma vaga da Câmara Municipal. A pesquisa aponta que 50.1% definiu seu candidato e 3% vota nulo ou branco.

O levantamento foi realizado entre os dias 7 e 10 de novembro, atingindo o índice de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número GO-07354/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.