Pesquisa compara usuários de Ayahuasca e pacientes esquizofrênicos

O trabalho foi uma revisão bibliográfica de estudos disponíveis no Pubmed e Scielo

O artigo investigou o efeito do uso de Ayahuasca em pacientes psicóticos. Foto: Reprodução.

Ensaios clínicos traçaram semelhanças entre usuários da Ayahuasca, também conhecida como santo-daime, e pacientes esquizofrênicos. Dentre os aspectos comparados estão sintomas positivos, déficits do MMN (Mismatch negativity) e IOR (inhibition of return). Outros estudos também demonstram que os alucinógenos assemelham-se aos sintomas da esquizofrenia, em razão disso experimentos farmacológicos com esses elementos são frequentemente usados como modelos de psicose.

O artigo “A associação entre o uso de Ayahuasca e sintomatologia psicótica: revisão sistemática da literatura”, de Thaísa Silva Gios, Maria Carolina Pedalino Pinheiro e Elie Leal de Barros Calfat, está disponível gratuitamente na íntegra aqui.

O objetivo do trabalho publicado na revista Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo foi investigar a relação entre uso de Ayahuasca, seu mecanismo de ação e a relação com alterações neurobiológicas em pacientes psicóticos.

A metodologia contou com revisão bibliográfica de trabalhos concluídos em português, inglês ou espanhol, publicados entre 1/1/1965 e 30/4/2015 e disponíveis no Pubmed e Scielo. Ao todo, foram revisados 15 estudos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.