Pesquisa: Caiado lidera e deixa Marconi e Mendanha para trás com o dobro das intenções de voto

Na estimulada, Ronaldo Caiado aparece com 33%, Marconi Perillo com 18% e Gustavo Mendanha com 16%

Na noite desta quinta-feira, 26, o Instituto RealTime Big Data divulgou os resultados da pesquisa eleitoral de 2022 para o Governo de Goiás. Tanto na estimulada, ou seja, quando fornece os nomes dos pré-candidatos ao eleitor, quanto na espontânea, quando o próprio cidadão fala em quem pretende votar, Ronaldo Caiado (União Brasil) segue na liderança. Depois aparece o nome do tucano Marconi Perillo (PSDB), seguido de Gustavo Mendanha (Patriota). Já o maior índice de rejeição é ocupado por Perillo.

Na espontânea, Caiado está com 25% das intenções de voto; Marconi com 8%; Mendanha com 6%; Delegado Waldir (União Brasil), 3%; Vanderlan Cardoso (PSD) e Wolmir Amado (PT) aparecem com 1% somente. Brancos e nulos obteve 14% e não sabem ou não souberam responder alcançou 42% das intenções de voto. Na estimulada a vantagem de Caiado cresce, com 33%; Perillo 18%; Mendanha 16%; Major Vitor Hugo (PL), Vanderlan e Wolmir com 8%, José Eliton (PSB) – que desistiu de sua pré-candidatura, com 1% e Cíntia Dias (PSOL), Edigar Diniz (NOVO) e Helga Martins (PCB), 0%. Nulo ou branco com 4%.

Rejeição

A pesquisa também apurou o índice de rejeição entre os pré-candidatos ao Palácio das Esmeraldas. Em sequência: Marconi (36%), Caiado (35%), Vitor Hugo (26%), Vanderlan (24%), José Eliton (24%), Wolmir Amado (23%), Mendanha (21%), Cíntia Dias (19%), Helga Martins (17%), Wolmir Amado (23%) e Edigar Diniz (13%).

Uma resposta para “Pesquisa: Caiado lidera e deixa Marconi e Mendanha para trás com o dobro das intenções de voto”

  1. Avatar João Aquino Batista disse:

    18%+16%=34%, Portanto, Caiado não tem o dobro de Marconi Perillo e Gustavo Mendanha somados, nem o dobro de Marconi isoladamente, já que 18% é apenas 15% da diferença para 33%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.