“Percebo que tem muita gente trabalhando para espalhar nossa base”

Governador Marconi Perillo (PSDB) afirmou na noite desta terça-feira (5/7) que algumas pessoas do grupo aliado têm pensado apenas em projetos pessoais que visam 2018

 | Foto: Assessoria Giuseppe Vecci

Governador Marconi Perillo (PSDB) disse que a prioridade sempre será o fortalecimento e unidade da base aliada acima de qualquer projeto político pessoal | Foto: Jota Eurípedes

Em evento de apoio à pré-candidatura do deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) a prefeito de Goiânia na noite desta terça-feira (5/7), no Parque de Exposições Agropecuárias de Goiânia, o governador Marconi Perillo (PSDB) afirmou em seu discurso que tem observado um trabalho de integrantes da base aliada, preocupados apenas com projetos pessoais, de “espalhar” o grupo de sustentação do governo.

“Nós vamos dar o tratamento adequado aos que estão juntos, aos que estão trabalhando pela unidade. Independentemente de sermos nós. Mas a responsabilidade tem que ser de todos no sentido da unidade”, declarou Marconi.

Para o governador, “essa história do cada um para si e Deus para todos” nunca deu certo na política. “O PSDB passou esses últimos 16 anos apoiando outras candidaturas. Nós fomos solidários a companheiros da nossa base de apoio abdicando de ter candidaturas em 2004, em 2008, 2012 e entendemos que chegou a hora de apresentarmos à sociedade goianiense à Prefeitura à altura da modernidade e das exigências do povo de Goiânia.”

De acordo com Marconi, chegou o momento de esses companheiros se unirem e trabalharem por um projeto em defesa da unidade da base aliada, mas não é o que ele tem visto. “O que eu vejo hoje na nossa base lamentavelmente? Muitas pessoas estão pensando apenas nos seus projetos pessoais para 2018”, descreveu o tucano.

Só que, na visão do governador, essas pessoas “estão se esquecendo que antes de 2018 nós vamos ter as eleições de 2016”. “E serão essas as eleições fundamentais para construirmos o caminho vitorioso em 2018”, declarou.

“Eu fui leal e solidários aos companheiros da base o tempo todo. Em momentos difíceis ou até impossíveis eu aceitei o desafio de liderar as eleições aqui no Estado para que os nossos companheiros pudessem nos ajudar a imprimir um plano de governo que transformou a realidade em Goiás.”

Marconi disse que nunca correu da raia. “Nunca pensei nos meus projetos apenas. Sempre pensei no coletivo.” Mas afirmou que está observando ao movimento daqueles que têm trabalhado “pensando apenas em seus projetos pessoais” com “a coragem de que já enfrentou muitos desafios e que está disposto a enfrentar outros com os verdadeiros e leais companheiros que não querem esparramar a nossa base”.

“Eu sempre fiz a política do acolhimento, do ciscar para dentro, do juntar. E eu percebo que hoje tem muita gente que está trabalhando para espalhar a nossa base. Arquem com as consequências depois. Nós vamos dar o tratamento adequado aos que estão juntos, aos que estão trabalhando pela unidade. Independentemente de sermos nós. Mas a responsabilidade tem que ser de todos no sentido da unidade.”

Nome defendido pela base

“O Vecci já deu demonstrações, inclusive na imprensa, da sua disposição de colaborar com a nossa união. O doutor José Eliton já falou a mesma coisa. Eu tenho falado, o Afreni (Gonçalves, presidente estadual do PSDB), o (presidente metropolitano do PSDB, Rafael) Lousa, todos nós temos tido essa disposição de buscar aglutinação da nossa base.”

Marconi disse que respeita o direito de todos quererem ser candidatos. “Mas não tolero o fato de algumas pessoas estarem colocando os seus projetos pessoais acima dos interesses coletivos da nossa base.”

E continuou: “Eu só espero que depois não digam que não foram avisados. Nós vamos para o enfrentamento, nós vamos buscar consolidar a candidatura do Vecci, vamos continuar buscando a união da nossa base, mas não vamos aceitar dissimulações”.

O governador pediu aos presentes, que incluíam os deputados estaduais e vereadores, secretários de Estado, prefeitos e pré-candidatos de Goiânia e do interior a prefeito e vereador, que se engajem na campanha. “Eu tolero tudo, menos a covardia, menos a omissão”, declarou.

Sobre Vecci

A respeito do pré-candidato tucano a prefeito de Goiânia, Marconi disse que o partido apresentou um excelente nome “que está trabalhando para convencer as pessoas acerca das suas qualidades”.

“No ano que vem, Vecci, você estando na prefeitura vai contar com um governo que será parceiro em tudo. Principalmente para o cumprimento do seu plano de governo. Nós vamos injetar recursos para melhorar cada vez mais a qualidade de vida dos goianienses. Pode contar conosco para o cumprimento do seu plano de governo. Nós nos preparamos para isso.”

E concluiu: “E nós temos certeza de que você será capaz de montar uma excelente equipe, porque você tem excelentes companheiros, tem um grande plano de governo e nós estaremos juntos para fazermos a melhor administração de Goiânia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.