Pena de serial killer de Goiás já soma mais de 140 anos de prisão

Júri popular condenou, nesta quarta-feira, Tiago Henrique a mais 25 anos de reclusão pelo homicídio de uma adolescente de 14 anos

Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook

A pena total do vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, acusado por dezenas de homicídios na Região Metropolitana de Goiânia, foi acrescida em mais 25 anos de prisão, nesta quarta-feira (20/4). Em sessão, o 1º Tribunal do Júri da capital condenou o serial killer pelo homicídio de Bárbara Luíza Ribeiro Costa, ocorrido em 18 de janeiro de 2014, no Setor Lorena Park.

Este foi o sexto julgamento por homicídio do acusado, sentenciado nas outras cinco ocasiões anteriores, além das condenações por roubo e porte ilegal de arma de fogo. Há, ainda, 31 casos de assassinatos nos quais o réu é apontado como autor, sendo que 27 têm decisões de pronúncia, isto é, para julgamento por júri popular.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), a vítima tinha 14 anos quando foi morta com um tiro no peito, disparado por um motociclista, enquanto estava sentada num banco de praça, esperando a avó.

A jovem havia acabado de sair de um salão de beleza, onde havia tirado a sobrancelha para se preparar para o ensaio fotográfico em comemoração aos seus 15 anos, que seriam completados em menos de um mês.

Diferentemente dos três julgamentos anteriores, Tiago Henrique compareceu ao plenário para acompanhar a sessão. Na única vez que se pronunciou, ele negou sofrer transtornos mentais, ao contrário do que sua defesa tentou alegar para defender a sua não responsabilização penal. (Com informações do TJGO)

2 respostas para “Pena de serial killer de Goiás já soma mais de 140 anos de prisão”

  1. Francisco Muller disse:

    Cadé a pena de morte neste país. Sustentar este assassino por anos a fioe deixar de gastar este dinheiro em auxiliar alguém que este imbecil matou. Não devia nem sair vivo do julgamento.

  2. Carlos Spindula disse:

    Um verdadeiro monstro, não pode conviver de maneira alguma na sociedade mais, que se arrependa de seus maus caminhos e conviva com o ódio que gerou na sociedade !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.