Pelo sexto mês consecutivo, índice de homicídios apresenta queda em Goiás

Vice-governador e secretário de Segurança Pública ressaltou ainda ações como apreensões de armas, veículos recuperados e cumprimentos de mandados de prisão

Em reunião coordenada por Marconi Perillo, José Eliton apresentou dados da SSPAP | Foto: Wildes Barbosa

Em reunião coordenada por Marconi Perillo, José Eliton apresentou dados da SSPAP | Foto: Wildes Barbosa

Em apresentação dos resultados da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária durante reunião do Programa Goiás Mais Competitivo, o vice-governador e secretário da pasta, José Eliton (PSDB), destacou nesta terça-feira (02/08) a queda nos indicadores de criminalidade no estado. “Observamos, pelo sexto mês consecutivo, a diminuição no número de homicídios”, afirmou.

Durante reunião coordenada pelo governador Marconi Perillo (PSDB), José Eliton informou que Goiás registrou 173 homicídios durante o mês de julho, a menor taxa desde 2012. A projeção da SSPAP, segundo o secretário, é manter a linha para que até o fim do ano a meta estabelecida pelo Programa, de redução nos índices de homicídios, seja atingida. “Todas as projeções feitas indicam que estamos no caminho certo para alcançar o objetivo”, defendeu.

Segundo Eliton, as perspectivas avançaram para a construção de um programa mais amplo para alcançar queda nos indicadores de outros crimes. O Programa Goiás Pela Vida em breve deve ser lançado formalmente. Mas as ações já estão sendo executadas, como explicou o titular da pasta.

O secretário explicou ainda como será o novo Programa. “Além dos indicadores de homicídios, há a redução em crimes de latrocínio, roubo a veículos, comércios, residências e transeuntes”. Também se referiu às ações proativas da pasta, como a ampliação de ocorrências de apreensão de armas, veículos recuperados, cumprimentos de mandados de prisão, entre outros.

José Eliton também aproveitou a ocasião para falar sobre a implantação dos Subcomitês Integrados de Segurança nas regiões de divisas de Goiás que têm como foco o combate ao crime organizado. Cinco unidades já foram implantadas nas divisas com Bahia, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Esses trabalhos integrados também terão agendas definidas dentro do novo programa. Existe ainda a previsão de realização de audiências públicas nos 20 maiores municípios de Goiás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.