Pelo menos dez vereadores de Goiânia são pré-candidatos em 2018

Veja quem assume em seus lugares em caso de vitória

Legislativo goiano pode ser renovado em até 28,57% | Fotos: Câmara Municipal de Goiânia

Por ocuparem cargos no Poder Legislativo, vereadores não precisam se desincompatibilizar seis meses antes das eleições. Portanto, ainda não é certo quais representantes da Câmara Municipal de Goiânia serão, de fato, candidatos em 2018.

Alguns já anunciaram pré-candidatura, enquanto outros preferem esperar as convenções partidárias. Com base em informações já divulgadas e de bastidores, o Jornal Opção levantou dez nomes que podem disputar mandato de deputado estadual, deputado federal ou senador — por ora, nenhum é cotado para governador ou vice-governador.

Dos dez, sete devem lutar por uma cadeira na Assembleia Legislativa. São eles: Alysson Lima (PRB), Cabo Senna (PRP), Clécio Alves (MDB), Dr. Paulo Daher (DEM), Paulinho Graus (PDT), Sabrina Garcez (PTB) e Vinicius Cirqueira (Pros).

Elias Vaz (PSB) e Tatiana Lemos (PCdoB) tendem a ser postulantes à Câmara Federal. Por sua vez, Jorge Kajuru (PRP) é pré-candidato ao Senado, mas comenta-se que pode sair a deputado federal.

Suplentes
Alysson Lima e Elias Vaz foram eleitos pela mesma coligação. Se vencerem em 2018, assumem Cairo Salim (que disputou pelo PSDB, mas, hoje, está filiado ao Pros) e Dr. Gian (PSB). Cabe ressaltar que Cairo Salim também é pré-candidato a deputado estadual. Denício Trindade (Solidariedade) é quem assumiria em seu lugar.

Cabo Senna, Dr. Paulo Daher e Jorge Kajuru são outros vereadores que fizeram parte de uma só aliança. Seus substitutos são Dr. Silvio Fernandes (DEM) — presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Goiânia (IPSM) e um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL) em Goiás —, Alfredo Bambu (PRP) e Filippe Melo (DEM).

Clécio Alves e Paulinho Graus também disputaram o pleito de 2016 pela mesma coligação. Tiãozinho do Cais (PRTB) e Markin Goyá (MDB) são os seus suplentes. Atualmente no PTB, Sabrina Garcez foi eleita pelo PMB, que coligou com o PV. Se conseguir se eleger deputada estadual, Álvaro da Universo (PV) é quem assume. Já os substitutos de Tatiana Lemos e Vinicius Cirqueira são, respectivamente, Carlos Soares (PT) e Divino Rodrigues (Pros).

Renovação
Se os dez vereadores de Goiânia que devem ser candidatos no pleito deste ano forem vencedores, o Legislativo da capital vai se renovar em 28,57%.

Dos prováveis suplentes, Carlos Soares, Denício Trindade, Divino Rodrigues e Dr. Gian foram vereadores na legislatura passada — vale lembrar ainda que, em 2015, Álvaro da Universo assumiu por apenas 15 dias.

Na atual, Tiãozinho do Cais pediu licença logo após ter substituído Paulinho Graus e deu lugar a Markin do Goyá, que voltou à suplência com o retorno do titular. Denício Trindade também já ocupou cadeira no Legislativo goianiense. Todos os outros seriam estreantes.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fabiano Oliveira

Únicos vereadores que serão eleitos são… Dr. Eduardo Prado ( com certeza será um dos deputados mais votados ) e o Kajuru para o senado. O resto aí nem pra vereadores emplacam mais !!!