Pelo menos 12 pessoas morrem em tiroteio na Tailândia

Suspeito, identificado como um soldado tailandês, permanecia ao início da tarde (hora de Lisboa) dentro do centro comercial, onde várias pessoas continuavam fechadas e feitas reféns

Pelo menos 12 pessoas morreram e outras ficaram feridas num tiroteio ocorrido neste sábado, 8, num centro comercial em Nakhon Ratchasima (Nordeste da Tailândia), informou a polícia local, acrescentando que o suposto atirador continuou dentro do recinto comercial.

A imprensa local, citada pelas agências internacionais, informou que o suspeito, identificado como um soldado tailandês, permanecia ao início da tarde (hora de Lisboa) dentro do centro comercial, onde várias pessoas continuavam fechadas e feitas reféns.

“O atirador utilizou uma metralhadora para atirar sobre vítimas inocentes”, afirmou, em declaração à agência France Presse (AFP), um porta-voz da polícia tailandesa.

De acordo com um canal de notícias local (Thairath), o suspeito roubou um veículo da base militar onde estava destacado para se deslocar até o centro da cidade de Nakhon Ratchasima.

Antes de sair da base, o soldado abriu fogo contra um militar superior e outras pessoas.

Em seguida, dirigiu-se a um centro comercial e atirou indiscriminadamente contra várias pessoas, segundo a emissora.

Também foi registrada uma explosão nas imediações do centro comercial.

As autoridades estabeleceram um perímetro de segurança de dois quilômetros em volta do centro comercial.

A polícia tailandesa evitou comentar os possíveis motivos do ataque. As agências internacionais informam que o suspeito atirador tem publicado nas redes sociais várias mensagens de teor político e de vingança contra as forças militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.