Pedro Sales refuta acusação de Magda Mofatto sobre uso político de caminhões

Presidente da Goinfra diz que cedeu o pátio após ser oficiado e que a maioria das máquinas é da Seapa. Desde dezembro, 22 municípios receberam 28 máquinas e caminhões. Ao todo, 635 equipamentos beneficiaram 240 cidades goianas

Pedro Sales, presidente da Goinfra, e Magda Mofatto, deputada federal | Foto: Reprodução

O presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra), Pedro Sales (sem partido) refutou as acusações da deputada federal Magda Mofatto (PL) de que haveria uso político de caminhões e máquinas que estão estacionados no pátio da estatal. A parlamentar disse que os veículos teriam sido adquiridos com recursos provenientes de emendas parlamentares da bancada goiana e estariam “escondidos na Goinfra” ao invés de serem distribuídos para as prefeituras indicadas pelos deputados. Pedro argumentou que falta informação à deputada e que a maioria do maquinário é oriunda de licitações da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). A Goinfra, segundo Pedro, apenas emprestou o estacionamento após ser oficiada.

“Não tenho nenhuma relação com entrega, não entrega, para quem entrega, quem indica, quando entra, quando sai. Há zero ingerência da Goinfra nisso”, afirma Sales, que é pré-candidato a uma das 17 cadeiras de Goiás na Câmara dos Deputados enquanto Magda busca a reeleição no parlamento federal. O presidente da estatal afirmou ainda todas as máquinas adquiridas pela Goinfra com recursos de emendas parlamentares são alvo de prestação de contas já entregue para a assessoria da representante da bancada goiana, a deputada federal Flávia Morais (PDT). “Se quiser fazer uma entrega na segunda-feira, pode fazer. Eu não tenho rigorosamente nada com isso”, sublinha.

Conforme mostrou o Jornal Opção, só nos últimos meses o Governo de Goiás, por meio da Seapa, entregou 28 máquinas e caminhões a 22 municípios goianos. No último dia 25, a cidades de Porangatu, Posse, Cavalcante e Flores de Goiás assinaram termos de cessão de uso de seis tratores e quatro caminhões adquiridos com recursos do Tesouro Estadual. O investimento foi R$ 1,8 milhão. Na ocasião, o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça, afirmou que “nas próximas semanas serão entregues mais de R$ 4,3 milhões em maquinário para todos os municípios atingidos pelas chuvas”. Esses, no entanto, são oriundos de convênios com o governo federal, emendas parlamentares e também verba do Tesouro Estadual.

Antes, no dia 17 de dezembro, o Opção mostrou que 18 municípios receberam caminhões-pipas adquiridos com recursos destinados pela bancada federal de Goiás na legislatura 2015-2018. O valor investido na aquisição da frota totalizou R$ 5,65 milhões e faz parte do Mecaniza Campo, programa criado pelo Governo de Goiás em 2019 com objetivo de, por meio de emendas da bancada goiana no Congresso Nacional e repassadas pela Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), melhorar a infraestrutura das zonas rural e urbana dos municípios e fomentar a produção agropecuária. Desde o início do programa, já foram investidos mais de R$ 128 milhões em 625 máquinas e equipamentos que beneficiaram 240 municípios, ou 97% do total de cidades do Estado.

Magda Mofatto, no entanto, alega que os caminhões e máquinas adquiridos com recursos oriundos da Câmara dos Deputados não estariam sendo entregues para beneficiar a candidatura de Pedro Sales como deputado federal. “A bancada do Estado de Goiás, de deputados federais, mandou recursos para o Estado fazer aquisições de máquinas e caminhões para serem distribuídos entre as prefeituras escolhidas por nós, deputados federais. Esses caminhões e máquinas já foram adquiridos e estão escondidos na Goinfra esperando o momento certo para fazer política barata pelo Estado de Goiás a favor do presidente da Goinfra”, diz. Ela também declarou que os municípios estariam cobrando dos deputados a entrega dos equipamentos.

De acordo com Pedro Sales, cabe à deputada Flávia Morais, enquanto representante da bancada, definir o cronograma de entregas dos equipamentos a partir de diálogo com os outros goianos que estão na Câmara dos Deputados, inclusive com Magda Mofatto. O presidente da Goinfra afirma, inclusive, que nunca participou de qualquer solenidade de entrega de equipamentos às prefeituras, que não tem interesse em capitalizar politicamente ações com as quais não tem envolvimento e que está focado nas obras no governo do Estado. “Vou seguir fazendo e falando daqui que me interessa, que não as obras do governo estadual. Essas sim não vão parar, só vão se intensificar”, finaliza.

Veja os vídeos abaixo:

Magda Mofato acusa Goinfra de esconder caminhões:

Magda Mofatto acusa Goinfra de esconder caminhões | Reprodução Instagram

Pedro Sales, presidente da Goinfra, responde deputada:

Pedro Sales diz que Magda Mofatto está equivocada e que cronograma de entregas cabe aos deputados | Divulgação

* Colaboração de Aline Carlêto e Rafaela Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.