Pedido de vista adia votação de projeto que define eleição de diretores de escolas estaduais

Parte dos parlamentares defende que as eleições ocorra o quanto antes enquanto outros querem que escolha seja feita em novembro

O projeto de lei de autoria da Governadoria que está em tramitação na Assembleia Legislativa de Goiás e trata da eleição direta para escolha de diretores das unidades de ensino da rede estadual passou pela Comissão Mista nesta quinta-feira (3/5) e sofreu pedido de vista.

O líder do Governo na Casa, deputado Francisco de Oliveira (PSDB) retirou a processo da pauta para que possa ser discutido com a bancada aliada até chegar em um consenso sobre a provável data de realização do pleito.

Inicialmente previsto para que ocorra em novembro deste ano, o projeto recebeu uma emenda da deputada Adriana Accorsi (PT) para que a escolha aconteça ainda no primeiro semestre, alterando a data para o dia 20 de junho.

“Queremos evitar a politização das eleições dos diretores realizando essa escolha o quanto antes. Deixar para o segundo semestre, a proximidade com o pleito estadual pode resultar na contaminação da eleição nas escolas”, afirmou Adriana.

Para Francisco de Oliveira, o desafio é encontrar uma data que respeite os prazos estabelecidos para o processo e que não atrapalhe o ano letivo de alunos e funcionários da rede.

“Vamos sentar com todos e conversar para definirmos essa data. Mas para que a eleição ocorra ainda no primeiro semestre, ela deve acontecer antes do dia 10 de junho, depois disso é inviável”, adiantou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.