Peças goianas entram em cartaz na Colômbia e no México

Assinadas pelo Grupo Imagem, de Inhumas, as produções “Cartas de Amor” e “Amo Palhaço: Clowns-Tô-Folia” chegam a Medellín e Tuxtla Gutiérrez

Turnê também inclui realização de oficinas | Foto: Divulgação

Duas peças de teatro produzidas em Goiás serão exibidas na Colômbia e no México. Assinadas pelo Grupo Imagem, criado na cidade de Inhumas há mais de 15 anos, as produções “Cartas de Amor” e “Amo Palhaço: Clowns-Tô-Folia” serão levadas a Medellín, Colômbia, entre os dias 11 e 14 de dezembro; e a Tuxtla Gutiérrez, México, entre os dias 15 e 17 do mesmo mês. A programação também inclui a realização de duas oficinas.

Os espetáculos serão transmitidos pelo Youtube para plateias reunidas nos centros culturais La Puerta Abierta Teatro, em Tuxtla Gutiérrez; e Teatro de Títeres Y Música, em Medellín. “A experiência internacional nos fez olhar e ressignificar nossas raízes. Ela tem modificado profundamente quem somos como pessoas e como artistas”, relata a trupe, composta pela atriz Cristyane Leal e pelos atores Everaldo Miranda, Mário Leal e Rafael Martins. O Grupo Imagem, que se intitula “embaixador do goianês” para a América Latina, pesquisa o regionalismo e o palhaço como linguagem cênica.

A peça “Cartas de Amor” tem origem estética na commedia dell’arte e um diálogo contemporâneo que envolve as culturas populares francesa e brasileira. A história envolve uma jovem romântica, um poeta e um amigo soldado em tramas de amor platônico dos padrões medievais. 

Já a Amo Palhaço: Clowns-tô-folia conta a história dos encontros e desencontros da palhaça Florbela com três palhaços: Tostão, Macarrão e Jacinto Serafim. Nas vidas íntimas, cada personagem revela sonhos uma vez sufocados pela realidade opressora. Com humor, teatralidade e amor, as histórias desses personagens se costuram até encontrarem o fio comum das próprias existências. 

Com direção de João Bosco Amaral, esse espetáculo conjuga a linguagem circense, a fala regional e canções especialmente compostas para a montagem de um dos textos mais encenados em todo o mundo: “Cyrano de Bergerac”, escrito em 1897 por Edmond Rostand. O Projeto Amor Palhaço foi premiado pelo Fundo de Arte e Cultura, do Governo do Estado. 

Brasil

Antes da circulação internacional, os espetáculos passaram por cidades do interior de Goiás. Apesar dos esforços para levar a cultura goiana além das fronteiras do país, as produções também continuarão no Brasil. Por aqui, a turnê virtual começa na cidade de Gurupi. Em parceria com o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e o Grupo Motirõ de Teatro, as produções serão levadas aos tocantinenses entre os dias 24 e 25 de novembro.

No próximo mês, nos dias 18 e 19 de dezembro, a trupe volta ao estado. Dessa vez, na cidade de Taquaruçu e em parceria com o Circo os Kaco. Tanto no Brasil quanto em outros países, a agenda do grupo inclui, além das exibições teatrais, a realização de oficinas dirigidas a estudantes e comunidade artística.

Programação

Gurupi/Tocantins

24/11 – 9h – “Cartas de Amor”

25/11 – 14h – “Amo Palhaço, Clowns-Tô-Folia”

30/11 – 16h – Oficina “O Teatro como Voz”

Medellín/Colômbia

11/12: 18h – “Cartas de Amor”

13/12: 21h – “Amo Palhaço, Clowns-Tô-Folia”

14/12: 19h – Oficina “O Teatro como Voz”

Tuxtla Gutiérrez/México

07/12 – 19h Oficina – “O Teatro como Voz”

15/12: 21h – “Cartas de Amor”

17/12: 21h – “Amo Palhaço, Clowns-Tô-Folia”

Taquaruçu/Tocantins

16/12 – 19h Oficina – “O Teatro como Voz”

18/12 – 20h – “Cartas de Amor”

19/12 – 16h – “Amo Palhaço, Clowns-tô-Folia”

Uma resposta para “Peças goianas entram em cartaz na Colômbia e no México”

  1. Avatar fleurymar de souza disse:

    Que bom! Que alento ver todos eles ganhando asas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.