PEC da Educação já deve ser votada em plenário na próxima semana

Após reunião com o Sintego, líder do governo admite alteração no projeto

A PEC da Educação deve ser distribuída na CCJ nesta terça, 27, conforme o líder do governo, Bruno Peixoto (MDB). Ele adiantou, ainda, que o relator, Álvaro Guimarães (DEM), irá dar o parecer favorável e fará o pedido de vistas.

“Possivelmente estará apta a votar na próxima semana. Ele também afirmou que tem ocorrido debates com o Sintego e a Universidade Estadual de Goiás (UEG), a fim de garantir um consenso. “Entendemos que é importante que a UEG tenha que ser ligada à secretaria de Educação”.

Questionado se pode haver mudanças, o líder admite que sim, até mesmo porque haverá pedido de vistas. “Vamos ajustar para que haja união em prol do nosso Estado”. Bruno adiantou que, um dos pontos solicitados pelo Sintego é o piso nacional dos professores e que se abra mestrados e doutorados na unidade para servidores da educação.

A PEC da Educação prevê que se junte o orçamento constitucional da UEG, de 2%, aos 25% da educação básica do Estado. Conforme Bruno, não haverá prejuízo financeiro, mas aumento, uma vez que 4% relativos aos profissionais da educação inativos será remanejado para a Goiás Previdência.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.