PCGO prende mulher que se passava por servidora da Saúde para arrecadar dinheiro com Covid-19

A mulher, que já foi presa outras vezes, foi pega em flagrante e responderá pelo crime de estelionato

Agentes da Delegacia de Polícia (DP) de Iporá prenderam uma mulher que se passava por funcionária do hospital da cidade e pedia dinheiro aos moradores do município. Segundo a PCGO, ela foi presa em flagrante no centro da cidade na última quinta-feira, 14.

Em algumas casas, a investigada dizia ser enfermeira, em outras, que ajudava uma criança com câncer ou que tinha algum caso de Covid-19 na família.

A autora chegou a citar nomes de profissionais da Saúde do município que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. Afirmou que estaria ali a mando deles para solicitar tal ajuda.

A mulher, que já foi presa outras vezes, foi presa em flagrante e responderá pelo crime de estelionato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.