PCGO interroga dona de salão após morte de cliente por suposta relação alérgica à tintura

Foi solicitado também o exame cadavérico junto ao Instituto Médico Legal na tentativa de levantar novos detalhes acerca do ocorrido

Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) informou que já interrogou a proprietária do salão de beleza onde foi realizada a pintura do cabelo de Karine de Oliveira Souza, que faleceu após suposta reação alérgica ao produto utilizado. O fato ocorreu no município de Catalão, na semana passada.

Diante do processo de investigação instaurado pelas autoridades, foi solicitado também o exame cadavérico junto ao Instituto Médico Legal (IML) na tentativa de levantar novos detalhes acerca do ocorrido. A Polícia Civil segue apurando o caso por meio da 1ª Delegacia Distrital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.