Partido quer aumentar número de representantes no Legislativo. E, para isso, sabe que precisa de coligação forte

Arquivo

Alinhado nacionalmente com os partidos de esquerda que apoiam o nome do ex-presidente Lula à presidência, o PCdoB em Goiás vive um dilema. Apesar de se predispor a uma aliança com o Partido dos Trabalhadores no Estado, flerta com a base governista em busca de maior elegibilidade.

O partido quer ao menos manter a cadeira que possui na Assembleia e fazer um deputado federal. Para isso, no entanto, sabe que precisa de uma coligação forte.

A deputada Isaura Lemos tem afirmado que o PT “vem fazendo esforço”, mas admite articulação com os demais candidatos.

Nesta segunda-feira (26), a parlamentar esteve na abertura da 65ª edição do Governo Junto de Você, juntamente com o governador José Eliton (PSDB). “Estamos tentando aliança com o PT, mas é preciso olhar outras possibilidades”, resumiu Isaura à reportagem.