PCdoB não fechou com PT e ainda flerta com base governista em Goiás

Emedebista Daniel Vilela também é cotado pelo partido de esquerda

Vereadora Tatiana Lemos | Foto: Alberto Maia

Apesar de estarem avançadas as articulações para que o PCdoB feche aliança com o PT em Goiás, o partido ainda não bateu o martelo quanto ao rumo político para as eleições deste ano.

Em entrevista recente ao Jornal Opção, a vereadora Tatiana Lemos (PCdoB) contou que se reuniu com a pré-candidata petista a governadora de Goiás, Kátia Maria, e sinalizou para avanço nas discussões.

Apesar disso, afirma que o diálogo com o governador José Eliton (PSDB) e até mesmo com o emedebista Daniel Viela não cessaram. Segundo Tatiana, o PCdoB ficará com quem permitir que o partido tenha voz e que dê condições para que ela concorra ao cargo de deputada federal e que sua mãe, a deputada estadual Isaura Lemos, dispute à reeleição.

“Está complicado bater o martelo com algum partido, pois, nas chapas proporcionais, os candidatos não estão muito bem definidos”, conta.

A convenção da legenda ainda não foi marcada, mas a decisão deve sair até o fim desta semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.