Polícia Civil prende homem contratado por mulher para matar marido

Mulher já havia pagado R$ 6 mil ao contratado, mas ele passou exigir da vítima um valor ainda maior que os R$ 20 mil que seriam pagos por ela; investigações ainda estão em andamento

Faixada da DIH, em Goiânia. | Foto: Reprodução

Pistoleiro contratado por mulher para executar o marido foi preso em flagrante pelo crime de extorsão, por agentes da Polícia Civil do Estado de Goiás, nesta segunda-feira, 17. O homem investigado, após ter aceitado o contrato para matar a vítima, passou a extorqui-la para que não executasse o ato.

A prisão ocorreu por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios/DIH. Segundo as investigações, foi apurado que o pistoleiro receberia um total de R$ 20 mil pelo serviço. A mulher, que recentemente havia se separado do marido, já havia pagado R$ 6 mil ao contratado. No entanto, o homem passou exigir da vítima um valor ainda maior do que seria pago pela mulher.

Após tomar conhecimento dos fatos, a Polícia Civil identificou o suspeito e o prendeu enquanto ele chegava no local de trabalho da vítima, no Setor Alto da Glória, a fim de receber a quantia que ainda faltava receber para não executar o serviço. Durante seu interrogatório, na sede da DIH, o suspeito confessou o crime, afirmando ter sido contratado pela mulher da vítima para matá-lo.

As investigações do caso ainda estão em andamento para que seja entendida a individualização da conduta das duas mulheres envolvidas na situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.