Três lojas de do Setor Campinas são investigadas por venda de produtos sem nota fiscal. Um dos proprietários foi preso em flagrante 

Foto: Divulgação / PCGO

Equipes da Secretaria da Fazenda e da Delegacia de Repressão a Crimes da Ordem Tributária (DOT), com o apoio do Batalhão Fazendário da Polícia Militar, realizaram nesta quinta-feira (1/3) operação em estabelecimentos acusados de sonegar impostos na venda de eletro-eletrônicos em Goiânia.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em lojas no Setor Campinas que estariam sem cadastro e vendendo produtos sem notas fiscais, o que incorre na prática de sonegação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). No total, os policiais apreenderam R$ 130 mil em espécie.

O proprietário da empresa JL Variedades foi preso e será conduzido para a DOT, onde será autuado em flagrante pelo crime contra a ordem tributária. O nome da operação Renminbi, moeda oficial da China, foi atribuído em virtude do fato de a empresa ser de propriedade de chineses.

Mais detalhes sobre a investigação serão prestados em durante coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (1) pelo delegado fiscal de Goiânia, Fernando Bittencourt, e a titular da DOT, Ana Cláudia Stoffel.