PC cumpre mandados de busca, apreensão e prisão de homem que divulgou conteúdo íntimo de jovem por vingança

Após término de relacionamento à distância, homem ameaçou a adolescente por três anos e divulgou fotos e vídeos íntimos nas redes sociais, em sites pornográficos e em portal que criou somente para este fim; seu celular e notebook foram apreendidos e serão periciados para a busca de outras vítimas

Agentes da Polícia Civil que cumpriram. | Foto: DEIC

Mandados de busca e apreensão e medida cautelar diversa da prisão contra um homem de 26 anos é cumprido, na manhã desta quinta-feira, 6, pela Polícia Civil de Guapó. Durante 3 anos, o homem exigiu, por meio de ameaças, que uma jovem enviasse vídeos e fotos nuas a ele. No início dos fatos, a mulher que hoje tem 18 anos, tinha 15. Operação é realizada com apoio da Polícia Civil de São Paulo, através do GOE DEIC, de Bauru SP

Atordoada com a situação, a vítima chegou a tentar suicídio. Somente após 3 anos do início dos fatos é que a vítima, com o apoio de sua atual sogra, é que a jovem procurou a delegacia de Guapó. Após o início das investigações, foi possível comprovar que todos os perfis eram do suspeito.

Em interrogatório, o suspeito confessou a prática criminosa e se afirmou estar arrependido. O homem é investigado pelos crimes de revange porn e divulgação e transmissão de imagens e vídeos de conteúdo pornográfico. Seus objetos, como celular e notebook, foram apreendidos e serão periciados para a busca de outras vítimas.

Entenda o caso

O suspeito, da cidade de Bauru (SP), manteve um relacionamento através da internet com a adolescente, da cidade de Guapó. Após o homem conseguir vídeos e fotos, e a vítima não mais querer o relacionamento, ele criou vários perfis falsos em redes sociais e, a partir deles, passou a exigir que ela enviasse outros materiais, sob a ameaça de que ele divulgaria pela cidade da jovem todas as fotos que já tinha posse – como forma de vingança.

Mesmo quando a jovem o bloqueou, o homem passou a usar esses perfis falsos e a procurar as amigas da vítima para conseguir contato com ela. Além disso, logo começou a divulgar os vídeos íntimos da adolescente pela internet. O suspeito chegou a criar um site de notícia na cidade de Guapó para divulgação dos vídeos, além de espalhar o conteúdo por meio de sites pornográficos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.