Pazuello afirma que cloroquina poderia ajudar no combate à pandemia de coronavírus

Ex-ministro da Saúde chegou a citar países como Cuba ao fazer a defesa do uso do medicamento

Em seu depoimento na CPI da Pandemia nesta quarta-feira, 19, Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, afirmou que a cloroquina já estava sendo usada off label, ou seja, profissionais da saúde a usavam de um modo que não constava na bula do medicamento.

Diante disso, Pazuello afirmou que o ministério em questão emitiu então uma nota técnica sobre esse uso. Para isso, o ex-ministro ressaltou que outros países como Índia, República Tcheca, Venezuela e Cuba, por exemplo, já possuíam protocolos para a utilização da cloroquina no tratamento de diversas outras doenças.

“Quando esse uso começou, o Ministério da Saúde emitiu realmente uma orientação sobre ele na fase grave. Feita pela gestão de Mandetta, que é médico”, afirmou Pazuello. O ex-ministro ressaltou ainda que acredita que medicamentos não devem ser distribuídos sem prescrição médica e que o uso da cloroquina deveria acontecer somente após a aprovação de um profissional da saúde. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.